Um mundo de oportunidades

Um grande bem haja aos nossos leitores….não me canso de dizer isto mas é de facto um gosto enorme escrever para vocês uma vez mais.

Na última semana fiquei de vos falar em investimentos no ramo do imobiliário mas gostava de distorcer um pouco isso para uma realidade com que me deparei esta semana.

Uma vez que a minha profissão me obriga a viajar imenso e trabalhar por este mundo fora já vivi em várias casas e na mais diversas condições possíveis. Já tive de partilhar quarto e comodidades, já tive apartamentos só para mim, já dormi em sofás…..enfim, já me calhou de tudo um pouco(sem contar com o tempo de tropa em que dormimos ao relento agarrados à G3😜). No meio de tudo isto pude concluir que o nosso conforto é algo que nunca pode ser subvalorizado.

Depois de ter conversado com alguns colegas de trabalho apercebi-me que alguns deles tinham encontrado uma solução para resolver esse problema. Não era nada mais nada menos do que terem uma roulote e andarem de casa às costas.

Porque falo eu nisto estarão vocês a perguntar?! É muito simples meus caros, no contexto do tema do nosso blog as finanças não passam só por investir dinheiro mas sim em saber guardar o mais possível enquanto vivemos a nossa vida com o maior conforto possível. Saber reconhecer as oportunidades e saber onde poupar é uma das maiores artes que podemos e devemos ter.

6355840185_c3de79a0b7_o-1024x683

Com o contrato que tenho atualmente a minha empresa paga-me alojamento num hotel, mas nem sempre é esse o caso. Muitas das vezes o alojamento tem de ser pago por mim. Se nos focarmos neste caso as contas são bastantes simples de se fazer. Sei que muitos estarão a pensar que viver num hotel é fantástico mas no caso do vosso mr. W o caso muda de figura pois a minha alimentação é uma das minhas maiores preocupações. Sem acesso a cozinha tenho de alimentar de refeições feitas ou de sandes….não é de todo a situação ideal.

No meu caso em concreto foi apenas uma questão de fazer contas….foi imediato. A minha cabeça começou a processar tudo ao mesmo tempo enquanto mantinha a ideia de ter o meu próprio espaço sempre comigo. Andar constantemente de casa em casa, quarto em quarto, partilhar alojamentos e sabe-se mais o quê não é uma situação com a qual me sentia confortável….além do mais saía bastante caro ao final do mês. Vamos rever os números muito rapidamente e vão entender o que quero dizer….

Vamos pegar na minha situação atual e ver em como isto me pode beneficiar…

Optando por sair do hotel a empresa dá um contributo para alugar casa no valor de 1000€/mês. Não tendo acesso a cozinha poderei gastar facilmente 500€/ em comida de restaurante facilmente uma vez que cada refeição em média custa 12€ no país em que me encontro atualmente. Tudo isto parece uma situação negativa mas o vosso mr W está sempre a fazer contas e atento às oportunidades que se vão apresentando. Através de um colega sei que o parque para estacionar a roulote sai a 100€/mês. Vamos recapitular:

▪1000€ por mês de subsídio dado pela empresa;

▪100€ de despesa com o parque;

▪As despesas em comida iriam passar a metade uma vez que já poderia cozinhar;

▪Um espaço só meu que me iria acompanhar para onde quer que fosse.

Nas contas que apresentei anteriormente não inclui o preço da dita roulote intencionalmente e vou-vos dizer dizer porquê. O preço de algo assim no Reino Unido varia bastante mas consegue-se arranjar algo com um elevado grau de conforto a partir de 3000£. Se fizermos bem as contas este dinheiro fica pago nos primeiros 4 meses. A partir daí é tudo dinheiro nos nossos bolsos. 

homem-de-negócios-que-põe-o-euro-dinheiro-das-cédulas-em-seu-bolso-do-terno-72478441

Depois de ponderar todas as coisas deduzi que em vez de gastar perto de 500€ por mês com alimentação poderia fazer dinheiro e transformar uma situação negativa  numa situação bastante positiva. Um aumento de 700€ no ordenado a mim parece-me bastante bom.

É este tipo de mentalidade que gostava de passar aos nossos leitores, não só de investir em tudo aquilo que poderemos deitar as nossas mãos mas também a de estar atento a tudo aquilo que possa melhorar as nossas contas e despesas ao final do mês . Imaginem vocês o impacto que uma quantia destas tem em alguém que pretende angariar dinheiro para investimentos.

Não pensem nunca que a vida não pode melhorar ou que não há nada que possam fazer para poupar um extra. Estejam atentos, mantenham-se informados e sempre alerta. Nunca se sabe quando teremos uma oportunidade ao virar da esquina. Como vos tinha dito num post anterior, “o importante é o preço de compra”. No caso de finanças pessoais é aquilo que conseguimos guardar e poupar depois de tudo pago.

Invistam tempo em coletar o máximo de informação possível sempre que possível. Como disse um orador motivacional de quem sou seguidor: “informação muda a situação”. Isso aplica-se a tudo nas nossas vidas, sejam investimentos, poupanças ou apenas melhoramento da nossa condição de vida. Se pudessem pagar o mesmo e viver numa casa maior e  melhor do que a que vivem atualmente não o fariam?!

Deixo-vos com estes conceitos para refletirem um pouco e para imaginarem como os podem aplicar ao vosso quotidiano.

Para a semana voltarei ao tema de investimento em imobiliário….mas desta vez sem ser sobre rodas.😉

É como sempre um gosto e cá nos encontraremos para a semana…

Mr. W

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s