Kefir – história e opinião

Caríssimos,

Desta vez escrevo-vos sobre algo que já se distancia um bom bocado do âmbito do blog, mas visto ser algo em que X está envolvido, e ter sido falado na semana passada, gostaria de partilhar convosco algo mais sobre o tema.

Kefir

Kefir não é mais do que uma bebida obtida a partir da fermentação láctea,  originaria das tribos da região montanhosa do Norte do Cáucaso, na Rússia. Durante varias décadas, a longevidade dos caucasianos for atribuída ao elevado consumo de produtos derivados da fermentação láctea, nomeadamente o kefir.


Não há conhecimento de registos temporais relativos à origem do kefir (bebida), nem dos grãos de kefir necessários para a fermentação e consequente produção da bebida kefir. Originalmente, o leite seria fermentado dentro de sacos feitos de pele ou estômago de ovelha, e à medida que o leite, já fermentado (kefir), era consumido, mais leite fresco seria adicionando, repentindo-se o processo. O kefir pode ser produzido a partir de qualquer tipo de leite animal, mas estudos mais recentes defendem que o mesmo também pode ser obtido através da fermentação de leites vegetais, tais como soja ou amêndoa.

Como já foi mencionado, o kefir e uma bebida obtida a partir da fermentação de leite. Nesta fermentação ocorre carbonação natural, tornando a bebida refrescante e ligeiramente gasosa; durante o processo, são também produzidas pequenas quantidade de álcool. Esta fermentação ocorre através da adição de grãos de kefir ao leite fresco.

Os grãos de kefir, pequenos, em forma de “couve flor”, não são mais do que uma colónia de  microrganismos, composta por bactérias e fermentos que coexistem numa complexa relação simbólica.

Quando os grãos de kefir são adicionados ao leite, os microorganismos irão iniciar a fermentação do leite, multiplicando-se, produzindo ácidos e outros compostos que irão alterar tanto o sabor como as propriedades fisico-quimicas do leite.

No passado o kefir foi mesmo apelidado de “champanhe” das bebidas de leite fermentado, e mesmo sugerido que eventualmente se tornasse uma alternativa aos refrigerantes. Todavia, e ao contrario do iogurte que todos conhecemos, o consumo de kefir estagnou nas ultimas décadas até ao recente “mini boom” que colocou kefir pronto a beber nas prateleiras de alguns supermercados e lojas de especialidade tentando alcançar este pequeno mas crescente nicho de mercado.

Nicho esse, que na opinião de X, tem bastante potencial de exploracão especialmente devido aos inúmeros beneficios que o kefir tem para a saúde. Tais como o reforço do sistema imunitário, regulação da flora intestinal, aumentar a absorção de cálcio ao nível dos ossos, combate a alergias, ajudar na digestão da lactose, etc. Um ponto bastante positivo do kefir é a sua validade: kefir fermentado, sem qualquer adição de conservantes, mantém as suas propriedades durante mais de um mês quando refrigerado. Apesar de X gostar de beber kefir todos os dias, deve ter-se em conta que a bebida é bastante acida e tem, digamos que um gosto difícil, que necessita de ser adquirido. Talvez devido a este facto a sua expansão a nível de retalho não tenha corrido como esperado. Ainda assim X mantém a sua opinião face às potencialidades deste produto.

Todavia, visto ser um produto alimentar, tem inúmeras regras e burocracias que tem que ser seguidas, e consequentemente um investimento avultado, que coloca X um pouco a margem de voos tão altos. Quem sabe um dia…

Ate la, que o caminho façamos juntos.

X

 


PS. Como não podia deixar de ser, se tiverem interesse no tema do kefir, comentem ou enviem-me um e-mail, ao qual terei todo o gosto em responder. Podem entrar em contacto em info.kefiring@gmail.com ou wxz.invest@gmail.com

Se quiserem encomendar também posso enviar para todo o mundo directamente ou dentro de Inglaterra, se preferirem usar um distribuidor através dos seguintes links:

Ebay

Amazon

Publicado por

Senhor X

Mais uma pessoa aleatória a tentar vingar na vida, ambicionando a independência financeira o quanto antes!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s