Evitar despesas desnecessárias

Uma excelente segunda-feira para os nossos caríssimos leitores. Mr. W mais uma vez convosco para mais um artigo semanal.

 Na semana passava falei sobre a nova hipótese que descobri no que toca a comprar casas e em como poderíamos o método normal do empréstimo bancário caso tivéssemos possibilidades financeiras para tal. Quando pensei mais no tema reparei na facilidade com que hoje em dia se falava em empréstimos. Ter um empréstimo hoje em dia é algo absolutamente banal e que se considera até normal….porque será? Vejamos…..

No nosso quotidiano somos bombardeados todos os dias com as financeiras a prometerem mundos e fundos, a “darem-nos” dinheiro com apenas um telefonema e alegadamente com taxas de juro fantásticas. As soluções são infindáveis……tanto em quantias como em prestações e até nas taxas de juro.

Qualquer pessoa hoje em dia tem pelo menos um empréstimo que seja. Seja aquela televisão que tem melhor qualidade que aquela que se estragou; os móveis que ficavam super bem na cozinha e que estavam em promoção; o carro que queremos por ser engraçado e bastante económico, etc…..mas no meio de tudo isto quanto dinheiro é que estaremos a dispender? Pedir dinheiro emprestado tem um custo bastante elevado nos dias que correm, infelizmente para nós.

Façamos umas contas muito rapidamente….se num cômputo geral devermos dinheiro destas três coisas que acabei de referir podemos facilmente estar perante uma dívida de 20.000€. Se tivermos empréstimos com financeiras(que é o mais comum nestes casos) estaremos perante uma taxa de juro muito elevada. Em certos casos podemos mesmo ter uma taxa superior a 20%. Para efeitos de exemplo vou fazer contas a 15%. Mesmo com uma taxa destas ficamos a pagar 3000€ apenas de juros. Isto se a financeira for amiga e calcular os juros sobre o valor total uma vez, porque se for calculado anualmente estaremos perante um valor bastante mais elevado.

Tendo tudo isto em mente será que não haverá maneira de evitar despesas desnecessárias? Com esses juros poderíamos fazer tanto mais do que apenas pagar por nos terem emprestado o dinheiro.

Pessoalmente nunca fui a favor de pedir dinheiro emprestado para comprar carros. Desde que comecei a minha vida profissional que comecei a poupar para comprar um carro. Demorou uns tempos mas consegui ao final de dois anos e meio pagar 4500€ pelo meu primeiro carro. É certo que não era super moderno, com ups e todas as modernizes mas era um veículo que me levava de A a B sem dar problemas e que não me fazia pagar juros desnecessários.

Será que não conseguimos aplicar essa regra às outras regiões da nossa vida? Claro que sim…Com os mercados paralelos que existem hoje em dia tudo se compra a um preço bastante mais baixo e sem ter que pedir dinheiro emprestado a empresas que apenas fazem o nosso dinheiro fluir na direcção errada.

 

Pensem um pouco sobre isto e digam-me o que pensam nos comentários…..

Até para a semana,

 

Mr.W

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s