La pelea (A luta)

Saudaçōes calorosas excelentíssimos. Mais uma segunda-feira, mais um início de semana em grande e mais uma partilha. E como nós adoramos partilhar…..

Nos dois últimos posts falei muito ao de leve da inflação e do impacto que ela tem nas nossas contas do dia a dia. Algo bastante sorrateiro mas que se não estiver debaixo de olho esgota-nos o poder de compra. Falei também no post anterior sobre algumas maneiras de nos sobrepormos à taxa de inflação. Pois bem, hoje gostaria de vos dar um lamiré sobre a minha estratégia de “ataque”/”defesa”.

estrategias-de-venta

“Estás a falar de quê, W?” perguntam vocês. Vou já explicar porque a pergunta é muito pertinente. Eu defini uma estratégia para a minha vida quando estabeleci as minhas metas. Como não sou uma pessoa que gosta de arriscar demasiado com o seu dinheiro, mas ao mesmo tempo também não gosto de depósitos a prazo com taxas quase negativas, escolhi uma abordagem mista em relação a investimentos. Se calhar faz mais sentido se vos explicar como os peritos classificam estas estratégias. Vamos a isso sem mais delongas.

Vocês, como investidores, possuem tendencialmente um dos três principais perfis e são eles conservador, moderado ou agressivo. Vamos dissecar estas três categorias e ver qual as vantagens e desvantagens de cada uma:

Conservador:

Alguém que joga “demasiado” pelo seguro. Uma pessoa que gosta de guardar dinheiro físico em casa, debaixo do colchão ou dentro de uma lata num lado qualquer. Este tipo de investidor tem por norma não arriscar um único cêntimo do seu dinheiro com medo de perder aquilo que tanto lhe custou a ganhar. Não é regra, obviamente, mas normalmente os depósitos a prazo estão repletos de investidores deste tipo. Depósitos que rendem pouco mais que 0.5%/ano mas que são de capital garantido. Não me interpretem mal, estes investidores merecem o mesmo mérito que qualquer outro pois a perda de capital é sempre zero! Com a economia no estado em que está quem os censura?!

Vantagem: Nenhuma perda de capital em qualquer dos investimentos;

Desvantagem: Ganhos bastante reduzidos.

Moderado:

Esta é a categoria em que eu gosto de me situar. É um meio termo entre o risco (controlado) de capital e a aposta segura, isto é, um investidor que permite uma certa perda de algum dinheiro na possibilidade de ter um retorno um pouco mais elevado. Alguém que não é muito virado para o grande risco das acções e do investimento a curtíssimo prazo mas que também não se quer sujeitar a não mexer no seu dinheiro durante vinte anos. A perda de capital pode efectivamente existir, mas eu penso que esta estratégia se adequa mais a quem tem mais à vontade financeiro para “brincar” um pouco com o seu dinheiro.

Vantagem: Taxas de juro um pouco mais elevadas;

Desvantagem: Algum risco de capital.

Agressivo:

Neste perfil as coisas ou correm muito bem ou extremamente mal. Geralmente associada a investidores de bolsa, acções e opções onde o risco é muito superior e bastante elevado mas que, em contrapartida, consegue retornos absolutamente estrondosos. Apesar da ideia de ter grandes retornos ser muito aliciante o senão desta estratégia é que depende do efeito de alavancagem para que isto funcione na perfeição. Posso explicar-vos o que significa o “efeito alavancagem” no próximo post mas por agora fiquem com a ideia de que quanto mais investirem mais retorno conseguem. A meu ver, esta forma de encarar os investimentos é muito interessante para quem possui algum tempo para estar atento a notícias económicas, quedas da bolsa, lançamentos de novos produtos, etc. e para quem tem algum dinheiro extra com que queira arriscar.

Vantagem: Retorno de investimentos muito acima da média;

Desvantagem: Risco elevadíssimo do capital investido.

Como podem ver não existe um perfil certo, apenas temos de adaptar o nosso perfil ao que queremos fazer. Apesar de termos definido o nosso perfil pelo tipo de pessoa que somos podemos sempre mudar para algo que seja mais de acordo com as nossas necessidades. Eu optei por ter um perfil moderado uma vez que tendo 30 anos tenho de começar a pensar nalgumas metas a longo prazo. Desafio-vos agora a fazer uma busca interior e tentarem enquadrar o vosso perfil numa destas três categorias.

0*JUEMzbSTTX-10asQ

Com tudo isto em mente surge aqui a altura de responder ao nosso Sr. X. A minha resposta é “sim”, vamos à luta. Adoro um bom desafio e vou gostar de ver qual de nós será mais ousado e mais bem sucedido. Não quero deitar lenha na fogueira mas farei de tudo para sair vitorioso e essa jantarada vai ser muito bem recebida.

Para este desafio irei alterar um pouco a minha estratégia normal e isso será um bom objecto de estudo tanto para mim como para vós. Se quiserem participar nesta nossa corrida são sempre muito bem vindos. Caso não o pretendam fazer aprendam com os nossos dissabores mas também com as nossas vitórias. Irei para isto utilizar o plafon de um investimento iniciado há poucos meses mas que na minha opinião foi um erro. Irei tentar transformar isso numa vitória.

Por esta semana é tudo meus caros, mas para a semana cá estaremos. O meu próximo post já será de terras lusas pois W estará de férias nas duas primeiras semanas de Setembro.

Um bem haja por nos acompanharem…

Atentamente,

Mr.W

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s