Uma opção diferente

Olá meus caros…Impossível escapar a mais uma segunda-feira sem o nosso post!

Com o meu post desta semana queria falar-vos sobre algo que surgiu numa conversa enquanto trabalhava. “Trabalhava” é a versão oficial, não a real!😇

Tive esta conversa com vários colegas e achei algo super pertinente uma vez que isto poderá ditar imenso como os vossos filhos encaram a vida. Sim, não nos podemos esquecer que a nossa próxima geração irá herdar conhecimentos e vamos passar-lhes lições de vida ganhas através da experiência. Considero isto das coisas mais importantes que se pode ter na vida e é um tipo de conhecimento que escola nenhuma irá ensinar.

A conversa era sobre a famosa prenda dos 18 anos. Muitos de nós tiveram direito a receber uma prenda especial aos 18 anos, quer fosse acesso a uma conta poupança, uns certificados de aforro que a nossa avó nos fez ou mesmo só o dinheiro que estava debaixo do colchão. Alguém do meu trabalho queria fazer uma poupança (ou investimento se assim lhe quiserem chamar) para entregar a ambos os filhos quando crescessem e se tornassem adultos. Sabendo essa pessoa que escrevo para um blog relacionado com o tema a pergunta surgiu naturalmente.

As duas perspectivas

developer-vs-hacker

Quando fui abordado para discutir esta ideia o meu colega(irei chamá-lo de Z neste post para facilitar) queria fazer algo como um depósito a prazo ou então um investimento num fundo ou algo parecido para oferecer à filha mais velha. Depois de alguma conversa sobre taxas de juros, inflações e estratégias agressivas/conservadoras, Z ficou ainda assim na dúvida. Estava mais inclinado para algo como um prazo a prazo precisamente por ser o mais comum de receber entre pessoas da nossa idade.

Aqui o vosso Mr.W propôs então aquilo que achava ser uma das melhores opções e quiçá a solução a seguir para a minha geração futura. Ouro! Eu sei, eu sei, lá está ele a pensar em ouro outra vez….mas porque não haveríamos de pensar? Numa altura como estas é que se pensa em algo do género. O dinheiro cada vez vale menos por causa da impressão em massa para fazer face às quedas que estão para surgir no mercado, o ouro cada vez está mais barato e se há algo que a história nos mostra é que quando há “crashes” nas economias o ouro sai disparado que nem uma bala. Todas as casas que surgiram de compra de ouro são prova disso mesmo.

A opção apresentada

 

Na altura ainda não estava definida qual seria a modalidade da poupança/investimento então W apresentou duas soluções diferentes:

  1. Investir “à bruta”: Esta seria a melhor opção na minha perspectiva, embora que seja muito difícil de executar para muita gente (eu incluído). Nesta modalidade a estratégia seria a de agarrar numa generosa porção de dinheiro e comprar uma ou mais barras de ouro quando o preço fosse conveniente. Manter o preço da onça debaixo de olho e assim que chegasse a valores satisfatórios fazer uma compra em massa. O máximo possível com aquele dinheiro repartido da maneira que a pessoa achar melhor, quer sejam em barras mais pequenas para ser mais fácil vender à posteriori ou então apenas um único bloco.
  2. Vai-se investindo e tal: Aqui teríamos a opção que muitos de nós teríamos que optar, investimento ao longo de um determinado número de anos. Desta forma poderíamos investir na mesma mas sem termos de ficar descapitalizados. Pode ser através de pequenas barras de ouro ou com, aquilo que acho a opção mais interessante, moedas de ouro. Sugeri então que por mês investisse numa libra de ouro que tem sempre um valor muito aproximado do valor pontual do ouro. Como nenhum valor é acrescentado pela cunhagem da moeda penso que seja algo muito bom e que poderá servir de grande lição para as gerações vindouras.

Alguém já pensou (ou mesmo recebeu) um lote enorme de ouro? Eu ficaria de queixo caído e sem palavras. Como se isso não bastasse teríamos sempre uma excelente lição para passar que seria a diferença de preço do ouro quando se comprou e o preço a que estaria daqui a, digamos, 18 anos. Seria super interessante na perspectiva de investidor e com um bocado de sorte os nossos filhos ficavam com uma boa maquia na mão graças à nossa inteligência financeira.

vault-grundeinkommen-gold-900x

No meio de tudo isto Z acabou por não se decidir por nenhuma das opções ou se escolheu não tive acesso ao veredicto. Foi algo que até a mim me deu que pensar. Gosto imenso de fazer experiências deste tipo e descobrir se pensei bem ou se nem por isso.

O que acham vocês? Seguiriam alguma destas estratégias ou simplesmente guardavam o dinheiro dentro do jarro das bolachas? Espero que a resposta a esta última pergunta seja não, senão zangamo-nos!😉

Com esta me despeço e espero saber as vossas opiniões em breve….

Atenciosamente,

 

Mr. W

Um pensamento em “Uma opção diferente”

  1. Carissimo Senhor W, tenho muito gosto em comentar o seu ilustre artigo pela primeira vez! Quem diria que iriamos demorar 5 meses e uma semana ate no disgnarmos a comentar o posto do nosso comparsa? Shame on us!

    Adiante!

    Carissimo, gostei muito deste repto que lancou! E se pelo lado simbolico da coisa, o investimento em ouro, nomeadamente fisico tem muito mais impacto do que algum dinheiro no banco ou uma carteira de investimento. De carta forma uma boa maquia em ouro (fisico) talvez tivesse mais impacto ainda (mesmo que valendo muitissimo menos) do que uma casa. uma ideia interessante.

    Todavia em termos monetarios absolutos, segundo a historia ecomomica no mercado accionista e onde se encontram os maiores ganhos no longo prazo, digamos 10 anos. E se falarmos de 18 anos ainda mais. Creio que apenas uma vez na historia uma aposta no mercado accionista a 20 anos sairia furada: na grande depressao nos EUA.

    O futuro ninquem sabe, e quando vemos os acontecimentos economicos pelo espelho retrovisor, tudo parece obvio, de maneira que toda e qualquer opcao e valida.

    Mais algum leitor com uma opiniao diferente das nossas?

    Contem coisas!

    X

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s