Bull vs Bear

Caríssimos e caríssimas, ilustríssimos e ilustríssimas, investidores e investidoras, damas e cavalheiros, senhores e senhoras, meninos e meninas, leitores…..sejam bem-vindos ao meu post de segunda-feira. Hoje conforme prometido e como o título sugere irei falar sobres diferentes tipos de mercado accionista. Irei explicar os conceitos básicos e mais para a frente desenvolver os vários conceitos que deles advêm. Vamos então desmistificar esta coisa dos animais numa coisa tão técnica como a bolsa…….

 

Uma espécie de definição!

 

Comecemos pelo início! Temos dois tipos de mercado, um deles o Bull (Touro) e o outro Bear (Urso). Cada um destes animais representa uma certa tendência, seja descida ou subida do preço geral das acções. No caso do mercado Bear estaremos a falar de um mercado em descida enquanto que o Bull representa o mais apelativo, ou seja, o mercado em subida. 

OH W, mas porque raio haveriam eles de atribuir estes dois animais e não outros?! Boa pergunta, permitam-me explicar.

 

Bull-market-and-bear-market-image

 

É precisamente como estão a ver meus amigos! Esta é para mim a maneira mais fácil de fixar as tendências. No caso do Urso estaremos perante um animal que quando ataca é com investidas de cima para baixo enquanto que o touro quando marra será de baixo para cima (se bem que se alguém já viu alguma compilação de largadas de touros sabe que isto nem sempre é assim!). Tipicamente quando vemos os ursos nos filmes ou algo parecido podemos reparar que eles se elevam nas suas patas anteriores e estando…..vá…..de pé. Nessa altura eles só têm uma alternativa que será descer com toda a raiva que possuem. Por outro lado, o touro, vem na sua corrida enraivecida e (por norma) baixa a cabeça antes de marrar com o que seja e, portanto, naturalmente só poderá continuar se o movimento continuar para cima.

Existe, contudo, uma explicação mais histórica para isto obviamente que vem desde o século 1500 e alguns trocos. Tem algo a ver com os vendedores de pele de ursos que vendiam peles de urso que não tinham na esperança de que as suas armadilhas tivessem todas tido sucesso na sua função. No caso do Bull seria relacionado com algo que se chamava “Bull baiting” e que era um desporto muito famoso no Reino Unido nessa época. Sinceramente estas são versões que envolvem práticas pouco agradáveis e eu prefiro as dos ataques! Até porque se lermos qualquer uma destas temos sempre versões diferentes e torna-se chato tentar adivinhar algo que se passou há mais de 500 anos atrás!

 

preview

Agora que sabemos quais os tipos de mercado e a que animal estão atribuídos podemos ver como se caracteriza cada um deles! Vamos a isso…..

 

BULL MARKET:

Bullmarket1122-1532213529

Comecemos por aquele que mais nos convém, principalmente por ser aquele que mais dinheiro faz a muita gente. Neste mercado podemos encontrar uma atitude positiva e optimista por parte dos investidores uma vez que, regra geral, estamos perante uma subida constante dos preços. Isto torna-se bom porque se soubermos o que comprar e quando comprar iremos vender mais tarde com algum ou até bastante lucro. Cheira a dinheiro meus caros! 

Para saber se estamos perante um mercado destes os peritos indicam que 80% das acções devem subir qualquer coisa como 20% numa base constante. O que motiva isto será o estado da economia do país relativo a esse mercado. Naturalmente se existe menos desemprego e as pessoas têm mais algum dinheiro no bolso a economia “gira” melhor. Existem contudo grandes períodos de mercados em subida sendo que um dos maiores foi de 2003 a 2007. Em 2008 infelizmente todos sabemos o que aconteceu….

 

BEAR MARKET:

Man taming a bear on down arrow

 

Como será evidente tudo o que sobe tem que descer, e isso é exatamente o que acontece nesta fase do mercado. No Bear market, em oposição ao que vimos no Bull, os preços estão sempre em queda e o pessimismo é soberano. Quando temos uma desconfiança por parte dos investidores e a economia também em baixo é com naturalidade que vemos as acções virem por aí abaixo. Há semelhança da outra tendência, também aqui verificamos 20% mas agora de queda no preço por acção. Felizmente os entendidos dizem que por norma esta descida só dura 18 meses. Depois disso o nosso ursinho vai hibernar e volta a fúria lucrativa do nosso Bull.

 

Resumindo!

 

A maneira como eu expliquei parece bastante linear mas não se deixem enganar, nunca nada é tão simples assim. Obviamente que dentro destes mercados temos semanas Bull, outras Bear, temos investidores Bull e outros Bear, etc. Até porque o facto de termos um mercado em queda não quer dizer que isso signifique que iremos obrigatoriamente perder dinheiro….mas isso fica para depois.

 

Para a semana falo-vos um pouco mais disto que agora já me alonguei bastante sobre este assunto. Espero que tenham ficado com uma boa ideia sobre estes dois conceitos e se for caso disso, que vos tenha intrigado para fazerem a vossa própria pesquisa.

 

Por agora é tudo, e para a semana cá estarei com mais um post….

 

Vemo-nos em breve,

 

Mr. W

Um pensamento em “Bull vs Bear”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s