Bear or Bull?! Vocês escolhem.

Olá a todos mais uma vez, sejam bem-vindos ao meu post regular de segunda-feira. O tão desejado artigo chegou e como disse a semana passada irei entrar um pouco mais no tema do “stock market”.

Da última vez escrevi-vos um pouco sobre como os mercados se podem comportar face ao estado da economia, desemprego e até especulação por parte dos investidores. Mas se a bolsa varia tanto com factores quase incomensuráveis como é que havemos de nos posicionar no mercado? É uma excelente questão…Vamos ver se desmistificamos um pouco esse assunto!

Comecemos pelo início

Como vos referi no post da semana passada existem dois tipos de mercado, o Bull e o Bear. Um optimista, outro pessimista e tudo mais…..Até aí tudo bem, mas será que há uma posição fixa que eu deva assumir em relação ao mercado? A resposta é simplesmente não! Um investidor pode também ser Bull ou Bear consoante a sua previsão sobre a subida/descida do mercado, ou até por causa da estratégia que pretende adoptar. Para que compreendam isto melhor passo a explicar-vos os dois tipos de investidores e como cada um pode investir de maneira diferente.

Ser “Bearish”

bear-in-suitSer um investidor “bearish” significa que temos uma perspectiva mais pessimista em relação ao mercado. Não necessariamente pessoas com cabeça de urso como aqui o nosso amigo mas simplesmente pessoas com alguma tendência a ver as quedas e declínios do mercado. Com isto não quero dizer que alguém tenha que ser “Bear” sempre, podemos apenas tomar essa posição em relação ao que estejamos a analisar, seja ouro, imobiliário, comodities etc. Além disso este tipo de investidores também fazem muita falta senão ninguém iria vender acções e o mercado parava por completo.

Dica:

Uma das artimanhas que pode ser muito vantajosa numa abordagem Bear é algo a que se chama “short-selling”. Isto remonta-nos para a origem do termo de que falei no meu post anterior, sobre a venda de peles que os caçadores não tinham. Com as acções, igual! Com esta técnica iremos vender primeiro a um preço mais alto para só depois comprar numa (esperada) descida de preço. Quanto a vocês não sei, mas isto parece-me um pouco arriscado mas se resulta pode ser super cool!

Ser “Bullish”

53057773-bull-man-dressed-up-in-suit-and-coat-vintage-fashion-anthropomorphic-vector-illustration-eps8Aqui este nosso companheiro é a representação ideal de um investidor Bull. Confiante, sempre pronto para o ataque e com atitude optimista. Um investidor Bull irá andar sempre à procura de comprar barato para depois vender mais caro tirando assim proveito de uma mercado que esteja em subida. Esta será, a meu ver, a atitude mais assertiva  que cada investidor deverá ter. Nunca é tão fácil ou linear como parece, mas esta será a atitude a ter em mente como ideal.

Dica:

Tendo em mente este tipo de abordagem em relação ao mercado temos de ter em consideração o valor a que compramos para não termos uma perda devido a uma flutuação inesperada das acções. Para isso os Bulls utilizam algo que se chama ordens “stop-loss”. Quer isto dizer que o investidor pode programar uma venda para quando o preço chegar perto do de compra evitando assim uma perda de capital desnecessária. Muito bem jogado Mr.B, a jogar pelo seguro!

Em suma:

Como podem ver caríssimos ambos os tipos de investidor têm o seu encanto e os seus truques. Não devemos entrar numa onda de machismo e achar que somos mais viris que o mercado porque vamos de certeza ter uma desagradável surpresa se o fizermos. Por outro lado, também não poderemos achar que irá sempre tudo dar errado e entrar num tsunami de negativismo. A posição que devemos adoptar será baseada em determinados factores como a performance financeira da empresa em questão, o estado da economia nacional e as preocupações a nível mundial nesse sector, etc.

 

Mas fazendo aqui um alerta, para se ter sucesso na bolsa teremos de ter uma pitada de sorte, algumas gramas de sangue frio e uma excelente dose de informação. Uma coisa é certa, e dita até por todos os especialistas, se nos deixarmos levar pelas emoções, o mercado acaba connosco como se fossemos um castelo de cartas! Caso tenham uma perda, não a tentem recuperar à força, vão apenas fazer maus investimentos de cabeça quente e isso geralmente representa ainda mais perda.

house-of-cards-jan-piller

Reflitam um pouco sobre isto enquanto aguardam (ansiosamente) pelo meu post da semana que vem, ou pelo post do nosso amigo Sr.X na quinta. Até lá se tiverem algo a acrescentar sobre este assunto façam o favor de partilhar através da nossa secção de comentários.

Até um futuro próximo,

Mr. W

2 opiniões sobre “Bear or Bull?! Vocês escolhem.”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s