Os truques que a mente nos prega…

Confounding-Bias-for-Investment-Complexity-2500x1407.png

Caríssimos! Espero que o artigo desta semana vos encontre bem! Esta semana gostaria de vos brindar com um curto artigo de reflexão, com a ambição de nos tornarmos melhores investidores, seja no que for!

Vamos a isto!

We’re wired as humans not to be successful in the stockmarket

Quem disse isto? Não me interessa, mas acaba por ser uma frase (ou variação de uma frase) recorrente em artigos sobre psicologia de investimentos.

Básicamente, nós, seres humanos temos uma serie de defesas mentais que podem acabar por nos prejudicar a nível de investimento, ao invés de nos proteger como seria suposto. X ainda não está bem ciente de todos estes factos (que de facto custam a ser assimilados), de modo que não os vou comentar muito, apenas limitando me a citá-los de forma a que cada um de vós possa fazer a sua própria abordagem e análise. Não quero induzir ninguém em erro!

Vou deixar aqui uma curta lista das situações mais recorrentes:

  • Temos tendência a dar mais importância às informações que nos chegam primeiro. Relegando para segundo plano ou mesmo ignorando informação recebida posteriormente, que eventualmente contrarie a primeira informação.
  • Temos tendência a dar mais importância às informações que confirmam as nossas convicções. Por exemplo, se somos apoiantes do Trump, iremos dar sempre mais importância às noticias positivas sobre ele do que às que o criticam.
  • Julgamos as nossas  decisões mediante o resultado das mesmas ao invés de através de um encadeamento lógico de ideias. Por exemplo, apesar de jogar na lotaria ter as odes todas contra nós, se eventualmente sairmos vencedores, podemos argumentar que a decisão de jogar fez todo o sentido.
  • Temos tendência a dar tanto mais importância a um facto, quanto mais pessoas acreditarem ou suportarem o mesmo. O clássico: Maria vai com as outras
  • Temos tendência a dar mais importância às informações mais recentes do que às mais antigas. Por exemplo o bull market de 2009 ser mais importante do que os dois bear markets de 2000 e 2007.
  • Temos tendência a acreditar cegamente nas nossas apostas. Por exemplo um investimento que tenhamos feito ter que dar certo, mais cedo ou mais tarde, a bem ou a mal.

Antes de tomarem uma decisão, antes de fazerem um investimento, pelo menos pensem nestes 6 pontinhos. X vai fazer o mesmo!

Não temos nada a perder, e pode ser que tento isto em conta, com o tempo possamos tornar-nos melhores investidores.

Bons investimentos,

X

Publicado por

Senhor X

Mais uma pessoa aleatória a tentar vingar na vida, ambicionando a independência financeira o quanto antes!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s