Uma visão sobre o estado das coisas

Em termos financeiros já lá vão cerca de 10 anos desde a ultima grande crise. E neste momento gosto de me perguntar, como é que estamos?

Os juros estão cada vez mais baixos, significando que o dinheiro está cada vez mais barato. Aliás, as taxas de juros definidas pelo Banco Central Europeu nunca tiveram tão baixas, sendo uma delas historicamente negativa. E isso deveria sugerir que temos muito dinheiro a circular em Portugal, não é? Talvez devia significar que a economia está forte? E também isso devia significar que os portugueses estão cada vez mais ricos?

Sim e não!

Quem nunca viu aquelas noticias no jornal que em portugal nunca se venderam tantos “carros de luxo”? De facto temos muito dinheiro a circular, mas como já sabes, os ricos ficam mais ricos e os pobres, bem esses ficam na mesma se não piorar. O dinheiro está mais barato e quem se aproveita é quem tem a hipótese de pedir emprestado muito dinheiro a bancos (financiamento) para investir em grandes negócios.

Temos cada vez mais startups! Já representam cerca de 1,1% do PIB e são cada vez mais! Isso não deveria também um grande impacto da nossa vida e não devemos ter cada vez mais dinheiro nos nossos bolsos por isso?

Nem por isso!

Quem nunca andou à procura de casa num centro urbano e ficou escandalizado com os preços das rendas e o quanto o valor das casas aumentou? Eu fiquei! Mais empresas destas, mais pessoas são contratadas com empregos muito bem pagos (para os nossos padrões) e não só contratações de portugueses. Muitas destas novas empresas contratam emigrantes qualificados (nada contra) que têm outras condições económicas que a maioria dos Portugueses não tem e assim os preços das rendas sobem. Aprender a programar permite um grande futuro em Portugal.

Temos cada vez mais turistas! Vêm para o nosso país ver as nossas maravilhas e deixam cá dinheiro, cerca de 95,7€ por dia por turista. em média (dados de 2016). Não devia isto querer dizer que o país tem mais dinheiro para quem trabalha cá?

Sim! Mas…

De facto permite haver mais contratações, mas estas contratações são para funções de massa (no turismo), funções que de uma forma geral, pagam mal. Portanto temos uma diminuição de desemprego com a criação de empregos pouco sólidos e “mal” pagos. O que acontece é que como temos cada vez mais estrangeiros as coisas ficam mais caras e apesar de teres emprego, não tens condições para pagar as coisas. Dados fresquinhos indicam que 21,3% dos trabalhadores recebem o ordenado mínimo.

Temos um aumento do ordenado mínimo à porta! isso faz com que 21,3% das pessoas comecem a ganhar mais, mais dinheiro circula na economia e isso ajuda a desenvolver negócio e as pessoas passam a ter maior poder de compra certo?

Mais uma vez, sim! Mas…

A percentagem de pessoas que ganham o ordenado mínimo poderá aumentar, visto que devem haver poucas empresas que estarão dispostas a aumentar todos os ordenados proporcionalmente. Para ajudar, possivelmente muitas empresas para fazer face a esta nova “despesa” vão sentir-se no direito de aumentar os preços dos seus produtos e/ou serviços. A vida fica mais cara e os ordenados ficam na mesma para a maioria das pessoas.

Onde é que quero chegar com isto? Quero apenas fazer uma reflexão sobre o estado financeiro do nosso país, mas não dos bancos, não das empresas, mas sim do estado das finanças de cada um de nós. Está mais fácil arranjar emprego, o que é bom. Mas igualmente verdade que a maioria que já o tinha não viu grandes aumentos de salário comparando com 2009 e 2010, por exemplo. Igualmente quem na altura estava a alugar casa ou a tentar comprar uma e olha para os valores hoje em dia, o aumento foi muito mais elevado que os salários. E jantar fora? Isso também aumentou. Lembro-me de conseguir ir jantar fora a um sitio bastante decente por 15 euros por pessoa e agora tenho dificuldade em encontra-los por 20.

Passo esta reflexão para ti. Como achas que estás financeiramente? Estas coisas afetam-te, notas diferenças, ou está tudo na mesma e não te importas com nada? E de futuro, também temos de olhar para ele, achas que atinges os teus objetivos financeiros? ou mesmo dos teus projetos pessoais.

Obrigado pela atenção ao meu poste aleatório. Para a semana há mais posts mas menos coisas aleatórias.

Até la,

Z

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s