Balanço do Mês – Novembro

Balanco X logo

Fechamos o penúltimo mês do ano com algumas perdas face ao mês passado mas nada de critico se pensarmos no longo prazo. Alguns problemas numa das propriedades de X que requerem manutenção e consequente. Quando a pontos mais positivos, houve um novo investimento em bolsa do qual vos gostaria de falar um pouco mais. Se bem se lembram, X começou a abrir um pouco o jogo em termos de cripto, nos dois últimos artigos, e mais virá para Dezembro, mas foquemo-nos agora em Novembro!

 

Cash

Como tenho mencionado:

Com uma possível crise a chegar, com uma pedrinha de sal, se calhar não será má ideia reforçar esta posição assim que possível.

Este mês a posição de cash foi finalmente reforçada em 1000€! yahooo! Mas muito mais tem que ser aqui investido! Vamos a isso X!

Empréstimos P2P

Actualmente X tem cerca de 5315€ investidos na Raize, divididos entre 415 empresas (este numero tem vindo a crescer e o investimento em cada empresa a diminuir, o que dilui o risco, como X pretende) com uma taxa de juros bruta de 5.8% (mais 0,1% do que o mês passado). Todavia este mês recebeu cerca de 15€ limpos de impostos, 5€ a menos do que o costume.

Como ponto positivo, este mes, foram recuperados dois empréstimos que estavam em incumprimento. Restando outros dois na mesma situação, totalizando cerca de 25€. Quanto a empréstimos em atraso contamos com 12 no total, sendo que dois deles no totalizando cerca de 75€ se encontram em atraso ha três meses, ou seja, prestes em entrarem oficialmente em incumprimento.

Creio que esta super-diversificação está a funcionar diluindo o risco em larga escala. Por vezes o preço a pagar é a demora em colocar a totalidade do capital disponível.

Para lutar contra as possibilidades de incumprimento cada vez mais regulares, a diversificação é a melhor arma, de maneira que X pretende investir no máximo 20€ por empréstimo, ou seja, o mínimo que a Raize permite). Este valor diminuiu para 20€ por empréstimo devido ao crescente número de incumprimentos (10€ a menos do que o mês passado).

X tem cada vez menos vontade de reforçar esta posição.

Fundos de Investimento & Bolsa

UK

X encontra-se a investir mensalmente numa plataforma com enormes benefícios fiscais:

Actualmente X detém:

  • VT PEF Global Multi Asset – valorização total de 1.31% com um ligeiro recuo face ao mês passado
  • Jupiter Global Value Equity – valorização total de 2.81% com um ligeiro aumento face ao mês passado
  • Cash – £0 – foi investido! em quê? Já lá vamos!

As valorizações/desvalorizações por muito que sejam empolgantes/dramáticas devem ser ignoradas devido ao facto de o horizonte de investimento ser o muito longo prazo, nomeadamente no fundo VT PEF Global Multi Asset.

PT

O fundo de investimento PPR Alves Ribeiro, ao fecho deste mês conta com uma valorização total de 8.05%. Mantendo a cotação do mês passado.

  • PPR Alves Ribeiro

Este fundo de investimento que providencia benefícios fiscais em Portugal, em que 20% do valor investido pode ser deduzido em IRS ate um máximo de 400€ por ano. Para residentes em Portugal, creio que seja uma opção muito interessante. Este premiado fundo tem tido desempenhos brutais nos últimos anos, o que acaba por ser algo surpreendente visto que mais de 50% do fundo é investido em obrigações, acarretando muito menos risco do que o mercado acionista.

Sendo que X não reside em Portugal, infelizmente, não pode beneficiar destes preciosos 400€ de isenção de IRS, de maneira a que as contribuições para o mesmo deverão ser reduzidas em breve.

Bolsa/SMC

Se compras ou vendas este mês, houve muita agitação nos investimentos de X, actualmente em terreno negativo! Mais negativa ficaria a posição se contemplássemos o IRS a pagar dos ganhos realizados nas vendas efectuadas. Ficam as posições a baixo com os ganhos/perdas globais à data de hoje:

  1. McEwen Mining – -38.86% ou seja, uma BRUTAL machadada nas ambições de X. Este facto deveu-se à emissão de novas acções a um preço mais reduzido
  2. Activision Blizzard Inc – +24.88% sem grandes variações face ao mês passado

Posições fechadas:

De notar que os ganhos das posições fechadas contemplam taxas, mas não contemplam impostos.

  • UBS ETF Gold (USD) A +8%
  • Lloyds Banking Group PLC +8%
  • iShares MSCI EM UCITS ETF USD +5.39%

 

Imobiliário

Com muita pena minha:

Nada de novo e sem grandes perspectivas de desenvolvimentos para um futuro próximo.

Ouro/Metais Preciosos

A agitação abrandou, impulsionando o mercado de acções e afectando os activos de refúgio, o que obviamente afectou o ouro. Vejamos como andam os ♦ de X:

Polymetal fechou o mês com uma valorização total de +40%, ainda assim com um recuo de cerca de 10% face ao mes passado.

Hochschild Mining PLC fechou o mês com uma desvalorização total de -10%, demonstrando a brutal oscilação da mesma e consequentemente da prata nos últimos meses.

A grande novidade este mês foi o investimento na Anglo Asian Mining, uma empresa mineira localizada no Azerbaijão com custos de produção reduzidos e com pagamento de dividendos, facto raro no sector do ouro, mas partilhado pelas duas empresas acima.

Prata física está nos planos, mas infelizmente tal ainda não se concretizou.

X detém uma posição  no fundo de investimento abaixo com uma valorização total de +40%

  • Deutsche I Invest Gold Precious Metals EQ – este fundo propõe-se a investir em empresas exploradoras, transformadoras e vendedoras de metais e pedras preciosas, de notar que não contempla qualquer investimentos em matérias primas (commodities) directamente. Para X este fundo está longe de ser o ideal, mas tendo em consideração os custos e as alternativas, foi o que lhe pareceu ser a melhor opção para ter alguma exposição ao ouro. X investiu 1000€ e não há planos para reforçar esta posição num futuro próximo.

Cripto Moedas

Tenho um artigo planeado para breve para vos falar sobre este ponto, pelo que parece que ainda não é desta que irei levantar o cripo-veu…

podem se entreter com os meus dois últimos artigos sobre o tema:

Kefir

O Nano-Mini-Micro-Pequeno-e-Médio teve 2 unidades vendidas este mês, 40 ao longo do ano. Ou Dezembro é incrível e vendo 10 unidades, ou para 2020, o mundo dos produtores de probióticos terá mais uma baixa!

Aprendizagem

51-55EXx6IL._SX338_BO1,204,203,200_O ” The Great Crash of 1929″ de John Kenneth Galbraith está despachado e o pesadote “Asset Allocation: Balancing Financial Risk” de Gibson, Roger C.

Aqui a abordagem será um pouco mais académica que pratica. X volta à escola! Vejamos se passará no teste!

A lista de leitura ainda continua longo, de modo que a cadencia de leitura tem que aumentar! Esperemos que consigamos ler pelo menos 4 (NO MINIMOOOOOOOO) livros durante 2020. A preguiça será o único impedimento! Vejamos quem ganhara no duelo de X contra o Procrastinador Implacável!

FIGHT!

De resto, para além das leituras diárias das (cada vez mais) newsletters que me chegam e da ocasional espreitadela nos jornais económicos. Já sabem!


Conclusão

O grande feito deste mês foi o foco. O foco no longo prazo não deixando que as oscilações do mercado nos afectem no nosso objectivo de longo prazo. Quedas de quase 50% nos nossos investimentos são sempre difíceis de digerir, especialmente no curto prazo, mas quando fazemos um investimento, fazemo-lo com um objectivo, e esse objectivo não mudou, portanto o que desceu hoje amanhã há de subir. Estamos na luta!

Penso que seja tudo por agora meus caros, e espero que estes números tenham interesse para vocês.

Caso pensem que não falei de algum ponto de possível interesse, por favor digam. Estamos sempre a aprender e em constante evolução. O WXZ Invest não é exceção.

Estamos na luta e este é o caminho.

E que o caminho o façamos juntos.

X

PS. Não nos deixem de seguir no Facebook e no Youtube.

Publicado por

Senhor X

Mais uma pessoa aleatória a tentar vingar na vida, ambicionando a independência financeira o quanto antes!

2 opiniões sobre “Balanço do Mês – Novembro”

  1. Viva meu caro! Gosto sempre de ver esta montanha russa dos meus colegas!
    Eu gostava de ver contas com impostos! ahah! Quanto à Raize, mesmo com todos estes “problemas” ainda é uma das melhores alternativas para o mercado português. Creio que o nosso torcer o nariz em relação a isto é mais a gestão de expectativas. Pensas em explorar outras alternativas? mintos? Bondora? etc?
    Abraço!

    Gostar

    1. Muito obrigado pelas suas palavras prezado Z!

      As contas em geral encontram se todas sem impostos, porque no final de contas acabam por ser ganhos/perdas não realizadas ate ao final do ano fiscal. Uma venda parcial da McEwen Mining pode ser uma opção para acabar o ano break even e não ter que pagar impostos.
      Felizmente, em Inglaterra tenho tudo montado de baixo de um guarda chuva contra impostos (devido aos modestos montantes investidos).
      A única rubrica que realmente faz mais sentido pensar em impostos e a Raize onde os ganhos e consequentes resultados já vem com impostos incluídos (retenção na fonte).

      Falando nesta mesma Raize, concordo inteiramente com a questão da gestão de expectativas, e sem duvidas que reforçaria a posição caso estivesse seguro que a performance global da mesma (após falencias) se mantivesse a cima dos 5% no muito longo prazo. Todavia nao estou tao seguro disso.

      Mintos de facto (e muito por tua sugestão e feedback) ando a pensar seriamente para 2020 investir um montante de teste nessa plataforma!

      Abraço e bons investimentos!

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s