O Caminho para Casa! (Parte 2)

No meu último post falei-vos do percurso que ainda teria que fazer para a compra do imóvel. Esta semana irei dar-vos um vislumbre sobre os primeiros passos nesse ajuste. Não será fácil mas temos de começar por algum lado….

Desde já queria agradecer ao caríssimo sr.Z pelas suas palavras no seu último post. Ele tem toda a razão no que diz, ver o blog a crescer é sem dúvida algo que nos dá uma imensa alegria e sem a vossa ajuda nada disto seria possível. Um muito obrigado, não só ao sr.Z por ter ajudado a impulsionar imenso o nosso blog, mas também a quem nos lê e segue. O nosso mais sincero OBRIGADO!👍

Bom, voltemos ao tema do post desta semana. Na semana passada referi-vos os 3 tópicos que considero mais importantes na minha difícil jornada financeira de aquisição de casa. Hoje irei debruçar-me sobre o que considero o mais importante. Será ele, a disciplina.

Na minha opinião, de longe, o mais difícil de se conseguir dominar e melhorar. E porquê perguntam voçês? Pensem naquela situação em que compraram aquela super bicicleta que só usaram 3 ou 4 vezes em passeios muito moderados, ou naquele casaco que “sempre quiseram” e que agora a loja diz que está com 50% de desconto. Quem sabe aqueles tenis de corrida que eram super bons para levar ao ginásio porque condizem com o meu equipamento…Pois bem, nada disso se poderia concretizar! Passo a explicar…

“Basta dizer que não……”

Pois bem, usei esta frase dentro de aspas porque se forem como eu já ouviram imensas pessoas falar decontraidamente e dizer que “basta dizer que não”, mas a realidade nem sempre é essa. Para alguém como eu que tem um gosto danado por gastar dinheiro dizer “não” pode ser um obstáculo enorme. Não é que não dê valor ao dinheiro, mas a forma como encaro o dinheiro é, talvez, um pouco diferente do comum dos mortais. O dinheiro para mim não é nada mais que um meio para o fim que pretendo atingir. Dou muito pouca importância ao facto de ter de gastar dinheiro em coisas úteis para o dia a dia. Óbvio que como toda a gente não gosto de gastar em coisas sem significado mas talvez me custe mais que o normal a não comprar coisas úteis.

No fim de contas quilo que quero dizer é que a disciplina é algo que tem de ser treinado e nem sempre é tão fácil como parece. Cingir os nossos gostos e vontades aos bens esseciais dá trabalho. Trabalho esse que bem executado vai ajudar os outros dois aspectos que falei no meu post anterior automaticamente.

Quando começamos a dizer que não às coisas que são dispensáveis na nossa vida começamos também a conseguir guardar mais dinheiro, e com isso iremos ter a sensação clara de que estamos a fazer a coisa certa. A vossa meta parece cada vez mais perto, e a vossa motivação aumenta…

“E como é que se pratica a disciplina, W?”🤔

Como sempre, as vossas perguntas são sempre muito pertinentes. Já falámos neste blog várias vezes nas ferramentas que usamos para controlar despesas e para manter as finanças em ordem. Mesmo assim vou recomendar-vos a que acho ser a melhor ferramenta de todas, o excel! É isso mesmo, controlem (principalmente) os vossos gastos com uma folha de excel. Tudo o que gastam anotem, e tomem também nota do que foi essa despesa. Irão ficar surpreendidos ao final de um ano das despesas parvas que temos e do dinheiro que gastaram mal gasto.

Como é lógico, não falo de tudo isto em vão, tudo o que aqui foi dito já foi feito por mim há uns tempos atrás. Neste momento tenho andado um pouco mais de rédea solta, mas isso irá mudar em breve.

giphy-2

Uma outra solução que vos posso apresentar é o sistema dos envelopes que eu actualmente já uso. Criem (na vossa folha de excel) uma estimativa daquilo que gastam em comida, saúde e outros bens essenciais que possam ter mensais e ponham uma quantia exacta num envelope que diga “comida”. Deste modo terão o dinheiro todo atribuido, orçamentado e não haverá desculpas para gastar mais que aquilo. Outra questão engraçada sobre este sistema é que vos obriga a pagar em dinheiro vivo as vossas compras, e acreditem quando vos digo que isso custa muito mais que dar o cartão de débito.

Se quiserem saber um pouco mais sobre este assunto vejam este vídeo do inventor do sistema. Acreditem que ajuda imenso a manter as despesas sobre controle.

Por agora é tudo, damas e cavalheiros, que eu tenho dinheiro num carro para ir gastar!🤭

Até ao meu regresso,

Mr. W

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s