O meu portefólio de Acções – Outubro-20

Uma nova fase do portefólio está para vir, e porquê? Vamos lá descobrir…

Para @s mais atent@s, o mês passado não atualizei o meu portefólio. Em primeiro lugar, peço desculpa por estar a falhar como as notas de 500€ na tua vida, mas se serve de desculpa só comprei uma “misera” acção.

Não só isto mas tendo andado a explorar outras coisas na minha vida e como os mercados estão um pouco mais difíceis de ler do que têm sido até agora, tenho estado a ver as coisas da bancada do estádio.

Claro que isto vai um pouco contra a premissa de investir um pouco cada mês independentemente do mercado!

E não quero desencorajar ninguém que os esteja a fazer! Continuo a ser um firme crente nesta prática de investimento a longo prazo. Contudo não tenho dedicado o tempo suficiente para fazer as melhores escolhas, e por isso, prefiro esperar em vez de fazer asneiras. Mas (!)…

Formei uma ideia na minha cabeça que está a ganhar terreno!

Já lá vamos. Primeiro vamos olhar para o dito portefólio e ver se descobrem as diferenças!

Como podes ver tenho 2 coisas novas.

Finalmente adicionei um banco e mais uma REIT. No caso do banco fui para o JP Morgan, que devido ao seu tamanho e solidez, pareceu-me uma boa escolha. O dividendo não é enorme mas está bem protegido e a avaliação do banco está um bocado “batida” sem ter muitas razões para tal, sem ser o facto de estarmos a meio de uma pandemia. A REIT que escolhi é um bocado diferente e uma transição necessária para um modelo mais sustentável do que os tradicionais arrendamentos de centros comerciais a grandes nomes. A STORE Capital é um empresa que aluga espaços comerciais a empresas mais pequenas e que partilhem os dados de faturação com o arrendatário, assim a STOR sabe como é que o negócio está a correr a qualquer dos inquilinos. Consequência disto, eles têm conseguido manter cashflow mesmo numa altura que as restantes REITS têm sofrido um “pouco”.

E com isto chego ao ponto importante!

De quando em vez é necessário fazer uma avaliação do portefólio e tentar perceber se ele precisa de uma restruturação. Isto é gestão ativa do portefólio e já tenho algumas empresas que quero tirar do meu portefólio.

Já tenho 25 empresas e vou pensar manter esse número durante um certo tempo (a ver vamos). Mas para isso tenho de dar oportunidade de construir um portefólio mais robusto e mais sustentável para o futuro. Já tenho uma ideia que quero por um maior peso em tecnologias de futuro como a Visa assim como adicionar empresas que apostam em energias renováveis como a New Era Energy.

Portanto nos próximos tempos vão haver empresas que vão deixar de existir neste portefólio e outras que vão entrar!

Dito isto, não percas os próximos episódios, porque eu certamente não!

Até lá,

Z

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s